domingo, 25 de outubro de 2015

ALIMENTOS CARDIOPROTETORES


Há uma categoria de alimentos chamados cardioprotetores pelas propriedades de prevenir e ou auxiliar no tratamento de doenças cardiovasculares.
Estes alimentos podem atuar direta ou indiretamente na redução da pressão arterial sistêmica, na melhora do perfil lipidico sanguineo (reduzindo o LDL, os triglicérides e aumentando o HDL), auxiliando no controle do peso e da pressão arterial sistêmica e até mesmo reduzindo significativamente o risco de desenvolvimento de algumas doenças cardiovasculares.
Obviamente os benefícios que estes alimentos podem propiciar dependem de seu consumo frequente nas quantidades recomendadas.
Azeite: Rico em substâncias anti oxidantes e vitamina E, entre outros benefícios auxilia na redução do LDL (colesterol ruim),  e aumento do HDL (colesterol bom). Duas colheres de sopa por dia já são suficientes para produzir estes efeitos benéficos.
Chocolate amargo: Tem efeitos antiinflamatórios, com ação antioxidante, inibindo a oxidação do LDL promovendo o aumento do nível de HDL, além de auxiliar na redução da pressão arterial. Uma unidade pequena de 40 gramas por dia é o suficiente.
Iogurte: Melhora o funcionamento intestinal e diminui o colesterol, principalmente se associado a aveia. Um copo ou pote de 180 ml. por dia.
Chá verde: Ajuda a diminuir o peso e possui antioxidantes, que previnem doenças cardiovasculares.
Linhaça: Auxilia na diminuição do colesterol e da pressão arterial, pela presença de fibras e ômega 3, ajudando a evitar infarto e derrame. Duas colheres de sopa por dia.
Peixes (Salmão, atum e sardinha): Ricos em Ômega 3 e em substâncias antioxidantes ajudam diretamente na prevenção de doenças cardiovasculares e auxiliam na redução do LDL e aumento do HDL. Devem ser consumidos de uma a duas vezes por semana.

Vinho: Rico em substâncias antiinflamatórias,  antioxidantes e em falvanóides, tem efeito cardioprotetor pela indução de vasodilatação arterial, da estabilização da placas de aterosclerose, pela redução do LDL e elevação do HDL. Dois cálices por dia, especialmente de vinho tinto.

"Determinação e Fé na Eterna Luta Pela Vida!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário